Friday, September 18, 2015

CARNAVAL LOULÉ 1974

Talvez não por pura coincidência, a poucos dias da Revolução de Abril, a organização da mais antiga festa carnavalesca do país, designada em Loulé por "Batalha de Flores", foi entregue ao Atlético Clube de Loulé na altura dirigido por uma geração de jovens letrados activos ligados à oposição marcelista.
Nela pontuava o jovem louletano Valter Contreiras o qual obteve a realização, direcção e organização da festa que já não se realizara nos dois anos anteriores devido aos resultados financeiros e consequente abandono dos habituais organizadores.
O Valter convidou para a Direcção Artística dos carros alegóricos e do corso os jovens artistas plásticos José Maria Oliveira e Adão Contreiras na altura, ambos, ligados ao Circulo Cultural de Faro e na Direcção do Cine Clube de Faro.
Foi uma novidade e grande estranheza, comentada à boca fechada, o facto dos carros alegóricos representarem sátiras sócio-políticas evidentes a factos de carácter nacional e não, como era costume, alegorias brejeiras a casos de costumes locais.
Foi uma ousada inovação e, talvez, um prenúncio despercebido do que viria a dar-se, dois meses depois, em Abril.

Labels:

0 Comments:

Post a Comment

<< Home