Monday, December 18, 2017

MERCADINHO & POESIA, GORJÕES ORGANIZAÇÃO CRCG-ALUNAS DA UALG 10.12.2017

Saturday, December 16, 2017

11º ANIVERSÁRIO: COMENTÁRIO

Este Blog está de entrada na adolescência e continua tão vivo e entusiasmado que até se esquece de fazer anos e comemorar o aniversário .
Nasceu em 11.12.2006 e iniciou a sua actividade acerca do que lhe passava à volta e o impressionava bem ou mal e era merecedor de elogio ou reprovação. Nessa data o grande reparo crítico era acerca do abandono desta zona rural medida, especialmente, pela falta de rede de esgotos e água canalizada e pelo estado medieval da EM 520, estrada municipal que liga Faro à sede de Freguesia de Santa Bárbara de Nexe e depois liga esta ao sítio dos Gorjões.
Passados onze anos deram-se melhoramentos muito importantes e significativos, contudo, com tal atraso civilizacional não evitou um contributo negativo para a desertificação do sítio. Pois a distribuição de água canalizada só existe há três anos e a rede de Esgotos há dois e qualquer delas não chega a muitos lugares e casas. A demora na instalação destes bens essenciais cuja falta impedia a construção de habitação própria, constituiu um contributo assinalável para o abandono das populações originais e seus descendentes. Estes venderam as velhas casas avoengas e foram engrossar os dormitórios das Vilas e Cidades dos arredores. 
Também por força dessa falta de condições modernas para habitação as famílias abandonaram o seu lugar e paisagens de infância passada ao ar livre bravio de vistas largas e feita de veredas e caminhos por entre cerros e matos para habitar enclausurados em ruas ao lado de ruas e casas com vista para casas.
A prioridade e preocupação da edilidade continua a ser o conforto da Cidade e só quando o caso se constitui um estado de indecência o seu pensamento se lembra do Campo. Foi assim que a EM 520, no seu último troço, desde a sede da Junta de Freguesia até aos Gorjões ficou por arranjar até ao fim deste ano e apesar de no total perfazer apenas 6 kms, só metade do percurso foi arranjado. A outra metade ficou em promessa para o princípio de 2018.
O pensamento autárquico é um campo de forças com epicentro no conforto do palacete onde trabalham os edis e gradiente de linhas de força decrescente, concêntricas; para lá do Cerro Nexe nenhuma linha de força consegue atingir os Gorjões.

Labels:

Tuesday, December 12, 2017

JAZZ, ZÉ EDUARDO & MÁRIO DELGADO

O Zé Eduado, exímio e invulgar jazzista contrabaixo, pianista, violoncelista, professor e divulgador do jazz pelo mundo continua a cultivar o estudo contínuo da sua música na procura da perfeição possível. Nós, aqui nos Gorjões, já o vamos conhecendo bem pois assistimos desde há anos ao seu incessante trabalho diário de estudo e dedicação à preparação cuidada dos seus concertos. E, sobretudo, reconhecemos o seu grande entusiasmo no ensino rigoroso para a formação de músicos de qualidade.
Aqui nos Gorjões, mais uma vez, tenta deixar, como sempre por onde quer que passou, a semente de marca para que o bom jazz não morra nunca.
Os Gorjonenses orgulham-se de ter entre eles tão ilustre e reconhecido músico.

Labels: ,

Friday, December 08, 2017

O "MATA" E O "ESFOLA"

 
Os acima "punhalistas" destruidores de tudo o que os outros fazem para além da política pàfia dos seus partidos, ontem na quadratura de que são os inqualificáveis principais atores políticos falhados, lançaram mais umas punhaladas no governo e especialmente no Centeno.
Claro, porque o Centeno é bom para além deles e apesar deles logo é inaceitável e, por conseguinte, é preciso dar-lhe punhaladas politicamente venenosas, destruidoras, aniquiladoras. Eles pensam: quem julga Centeno que é se ainda mal chegou e já quer ser Príncipe do nosso reino!
O "mata", o falhado que nem mete as mãos na política activa por cobardia de sujar as mãos e perder clientela nos concelhos de administração do empresariado arrematou duro à tasqueiro neste sentido  (cito de memória):
"o que é o Eurogrupo? É porra nenhuma. Centeno é Presidente de porra nenhuma!"
E depois de desenvolver a sua putativa tese de que Centeno seria pura e tão somente o presidente gestor da ortodoxia financeira da UE (afinal o Eurogrupo era uma ortodoxia financeira e não porra nenhuma) e de mais uns sofismas sobre a impossibilidade de mudar algo na ortodoxia (o PCP não o faria melhor), deu a palavra ao falhado político amigo Pacheco.
O "esfola", claro, deu largas à sua condição de esfolador intelectual de todas as situações e conduções políticas que não sejam as dele ou defendidas por ele. Pacheco pegou no morto e esfolou, assim neste sentido (cito de memória):
" a partir do Eurogrupo Centeno é um general do inimigo instalado na política financeira do seu país".
E depois, tal como o "mata" fizera, desenvolveu a sua retórica sofística à volta da ortodoxia financeira europeia inalterável, imutável, omnipresente e omipotente porque imposta pelos alemães com cheirinho de francês e porque, e acima de tudo, dita e confirmada ali mesmo pelo infalível Pacheco.
Acerca dos nefastos actos e factos políticos dos últimos anos que possam ter abalado a confiança da tal "ortodoxia" europeia e, nesse caso, a eleição de Centeno representasse já sintomas de mudança de parte para que o todo se mantenha unido, dizia, acerca desta hipótese nem palavra.
Habituados a apoiarem corruptos repugnantes como Durão, Portas, Duarte Lima e em manada como no BPN, tornaram-se eles próprios intelectualmente corruptos políticos que vendem a sua doxa de aparências como realidades e verdades.
A realidade e verdade maior que subjaz sob a capa destes mestres pensadores é ter gente menor ou idiota à frente dum Estado que possam influenciar e parasitar à vontade e à grande. 
Há séculos que gente assim torpedeia e impede que Portugal atinja sequer a grandeza devida à sua dimensão.

Labels:

Wednesday, December 06, 2017

O TESTAMENTO DO ALBERTINO

Friday, December 01, 2017

ALUNOS DA UALG VISITAM OS GORJÕES

Sunday, November 26, 2017

O ISQUEIRO DO PASTOR E DOS POBRES