Friday, June 10, 2011

RESPEITINHO AOS MERCEEIROS


Os gerontes merceeiros deste paraíso estabelecido como território para acampamento de mercearias próprias, já ambos ameaçaram abandonar o país logo que este não satisfaz as suas vontades e pretenções.
Ameaçam mas nunca concretizam, mudam umas moradas para fugir ao fisco à espera de ventos favoráveis para negócios mais íntimos e mais chorudos.

Como o governo anterior não lhes ia à mão nem consentia ser pau-mandado de tais merceeiros, estes deram em fazer campanha, com todos os meios financeiros e comunicação de que são donos, ao serviço do ataque político feito de desbragada infâmea.

Aos dislates e parvoíces do merceeiro pingo doce o PM respondeu: "é prova de que não basta ser rico para ser bem educado".

O merceeiro "pingo doce" ainda ficou mais azedo que o colega "modelo" e, como este, lançou todo fogo pesado e subserviente matilha arreganhada na caçada ao PM.
Hoje, mesmo estando o seu alvo de ódio já afastado de cena como tanto desejaram, fizeram do "Dia de Portugal" o dia de catarse própria, por intermédio de um discurso para-fascistizóide de ABarreto contra os políticos baseado no "desrespeito aos empresários".

Espara-se, a todo momento que volte rapidamente, o respeitinho aos empresários, e que para além das obrigações perante a troika, tudo que possa ser feito o seja por forma a ganhar e merecer o respeitinho dos empresários.
E dos merceeiros em particular, uma vez que sendo dos mais ricos de Portugal ainda não são dos mais ricos do mundo o que nos deixa mal classificados face a, lá fora.
O sociólogo, seu actual caniche de luxo, aí estará atento para registar na história da sociologia universal, tão nobre feito.

Labels:

0 Comments:

Post a Comment

<< Home