Tuesday, November 13, 2012

AOS PORTUGUESES HONESTOS



Já temos entre nós mais um grande português para entusiasmo de eleitores, portugueses honestos.

Depois de elegerem Isaltino por "feitos" cometidos para com Oeiras.
Depois de elegerem Fátima por "feitos" cometidos para com Felgueiras.
Depois de elegerem Meneses sucessivamente por "feitos" cometidos em Gaia e prepararem-se para o elegerem, outra vez, sucessivamente no Porto para cometer mais "feitos" aos seus.
Depois de elegerem sucessiva e indefinidamente o grande português da Madeira por "feitos" aos seus.
Depois de elegerem Passos por "feitos históricos" cometidos na Jota e Fomentinvest.

O País está configurado e pronto para daqui a uns anitos, quando Vale e Azevedo se libertar e sair da cadeia, e:
Provar que é um herói vítima da injustiça e da inveja de sua grandeza.
Que, neste tempo de crise, só ele sabe fazer ver aos portugueses honestos que "um escudo é um escudo" e não é para comer bifes todos os dias.
Que, com ele à frente, todos e cada português pode ser inteligente como ele e viver disso, à grande.

Então pode candidatar-se a qualquer lugar topo de Estado, ser eleito pelos portugueses honestos e, com sua imaginativa inteligência e farta experiência, enganar o mundo e enriquecer cada português.
Se não puderem ser todos, pelo menos todos os honestos.

Labels: ,

0 Comments:

Post a Comment

<< Home