Monday, October 19, 2009

MARAFAÇÕES LXXVI


HOMEM PROGRAMADO, HOMEM INTELIGENTE
Há pessoas, a maioria delas, que deixam de fazer aquilo que gostam e que só elas podem fazer para se dedicarem a fazer aquilo que pode ser feito por outros em qualquer altura. E maior é a burrice quando tais pessoas, estando numa idade que já pouco tempo têm para fazer aquilo que lhes dá gozo viver e só elas podem fazer, continuam a privilegiar fazer o que pode ser feito por outrem, agora ou posteriormente.
Cada um tem uma vida para ser vivida que tem de ser assumida pelo próprio visto que ninguem a pode fazer por sí ou substituí-lo. Logo, numa certa idade quando o tempo escasseia, privilegiar assuntos que podem ser feitos por outros e em qualquer tempo, em detrimento do que mais se gosta de fazer e que só pode ser feito pelo próprio, é dar prioridade ao secundário e perder qualidade de vida. Na minha maneira de ver é, mesmo, perder tempo de vida útil.
O avarento gasta-se e morre praticando a "esgarganeira", o idiota gasta-se e morre praticando a "parvoice", o estúpido gasta-se e morre praticando a "pulhice", o esperto gasta-se e morre praticando o "desenrascanso", o sensato gasta-se e morre praticando o "arranjismo", o utilitário gasta-se e morre praticando a "deixa", o programado moderno gasta-se e morre praticando a "moda", o programado antigo gasta-se e morre praticando a "tradição", o inteligente gasta-se e morre praticando "a vida".

Labels:

0 Comments:

Post a Comment

<< Home