Friday, January 14, 2011

PERSONALIDADE MINÚSCULA II

O mais fingido "não-político" de Portugal, voltou outra vez com novo tornado arrasador de fingimento ilusionista. Soltou das profundezas de pitonisa de "oráculo do passado", isto é, de oráculo que adivinha tudo que é sabido e está no seu site ou livros, mais uma afirmação de grandeza messiânica de arrebatar as alminhas crentes:
- "Estou aqui para falar do futuro dos portugueses, para tratar do futuro dos portugueses".

Esta personalidade minúscula ocupante de uma figura figurona, anda desde 1980, há 30 (trinta anos trinta) a tratar do futuro dos portugueses como Ministro, Primeiro Ministro e Presidente da República. E pasme-se, passados 30 anos de receitar e aplicar tratamentos de sua lavra, continua a querer tratar do futuro dos portugueses.
Fica agora inteiramente esclarecido o mistério transcendental da sua necessidade de nascer duas vezes. Duas vezes?. Safa!.

Labels: ,

1 Comments:

Blogger sergio said...

Enganados. É assim que estão a tentar enganar a todos. Cavaco Silva disse hoje “que dá voz a quem não tem voz, àqueles que não têm força suficiente para se defenderem das injustiças”. Até parece que este Cavaco não é o mesmo que assinou a parte cega dos cortes nos abonos de família, no subsidio e desemprego, nas pensões, nos salários? Até parece que este Cavaco não tem assinado os orçamentos e as políticas que levaram este país à crise, às falências e ao desemprego?

Para reconfirmar o engano basta dar uma olhada à Comissão de Honra de apoio a Cavaco. É só malta que não sabe o que é passar dificuldades. Tal como Fernando Ulrich, feliz com os lucros astronómicos do BPI enquanto as pequenas e médias empresas vão falindo. Ou José Manuel Neves Adelino, administrador da Sonae, e Soares dos Santos, Presidente da Jerónimo Martins, que esamgam o pequeno comércio, apoiam Cavaco Silva. José António Silva, Presidente da Alicoop/Alisuper, que deixou 380 trabalhadores da Alisuper no desespero, apoia Cavaco Silva. Vasco de Mello, feliz com os lucros chorudos da Brisa/portagens enquanto o cidadão comum sai-lhe do coiro a portagem. Ou Álvaro Barreto, da gestão ruinosa do BPP. Ou José António Silva, que deixou 380 trabalhadores da Alisuper no desespero. Ou 4 destacados ex-dirigentes do BPN, que deixaram um buraco negro do país...

Os grandes dos grandes, que vão esmagando os pequenos e os médios, estão na Comissão de Honra de Cavaco Silva.

O meu apelo é: Votem em quem quiserem menos no Cavaco!

2:42 PM  

Post a Comment

<< Home