Thursday, January 10, 2013

... VAMOS NO BOM CAMINHO (3)


Provavelmente os portugueses já não têm qualquer dúvida de que vamos no bom caminho. Se não, vejamos a situação nos nossos caminhos:
1) Na estrada municipal da minha aldeia algarvia, entre as 7-8 horas da manhâ, constata-se que o transito de gente para o trabalho quase não existe, ao contrário da correria de carros e carrinhas de trabalho que acontecia  há dois anos atrás. 
2) No caminho para Lisboa que faço espaçada mas regularmente constata-se que os carros com que cruzamos ou passam por nós estão-se reduzindo drasticamente e à noite não ultrapassam meia dúzia. 
Na noite de 8 entre as 9,00 e as 12,00, no IC2 até Setúbal não chegaram à meia dúzia. 
3) Hoje, dia 9 pelas 16,00 horas estive parado a observar o transito numa travessia da Rua do Ouro em Lisboa e constatei que os carros circulavam um a um a distancias de 50 metros entre eles. 
Há muito poucos anos neste local e àquela hora o transito era compacto e ininterrupto horas a fio.
Neste bom e belo caminho que levamos, tudo indica que brevenmente quando não houver viva-alma a circular nas estradas e caminhos de Portugal, o governo informará os portugueses que, todo o dinheiro gasto em  Auto-Estradas, IPs e ICs pelos governos anteriores, foi uma festa de desperdício.
Atingido este ponto do "reajustamento" e "corte nas gorduras", qundo todo o povo todo estiver metido em casa a comer a sopa de erva, o governo anunciará entusiasmado o grande momento aos portugueses, à Europa e ao mundo: conseguimos, vitória, vitória.  

Labels: ,

0 Comments:

Post a Comment

<< Home